0%
Posted inBraga Federação Guimarães

Partido Socialista entregou listas de candidatura

luissoares/Posted on /Comments Off

O Partido Socialista deu na manhã de 13 de Agosto, o primeiro passo oficial em prol da sua candidatura às eleições legislativas de 4 de outubro próximo, ao proceder à entrega no Tribunal de Braga da sua lista de candidatos a deputados pelo Círculo Eleitoral de Braga.

Após este ato legal, o PS apresentou também publicamente, na sua sede distrital, as linhas gerais da sua candidatura e de constituição das suas listas. Deste modo, Manuel Caldeira Cabral (MCC), cabeça de lista do PS, esboçou em traços genéricos as linhas de força do programa eleitoral e explicou as razões da sua candidatura, sublinhando que pretende nesta fase deixar o conforto das sugestões académicas, assumindo-se numa alternativa governativa de confiança.

Assim, indicou como prioridades de atuação política do PS os domínios do emprego, educação e ação social, salientando que a mudança é necessária e urgente, contra o desalento instalado, as situações de pobreza e redução dos apoios sociais que o atual governo provocou na sociedade portuguesa. MCC defendeu ainda uma visão diferente para o país e distrito, assente na competividade e crescimento, que, em seu entender, não se consegue pela redução dos salários e pela imposição de empobrecimento dos portugueses.

Por seu turno, Joaquim Barreto, Presidente da Distrital do PS, pronunciou-se sobre a composição da lista candidata, realçando que toda ela é constituída por gente do distrito de Braga, contrariamente a outras e representativa de todos os 14 concelhos do Círculo Eleitoral. Acrescentaria que a lista candidata representa uma renovação superior a 60%,com uma média de idades estimada nos 49 anos e que além de respeitar a paridade de géneros apresenta uma significativa diversidade profissional.

António Costa, candidato a primeiro-ministro, mereceria as suas notas finais, quer pelo trabalho realizado em tarefas governamentais na Justiça, Administração Interna e Assuntos Parlamentares, quer como Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, referências e experiências que evidenciam ser um homem preparado para a mudança e a “Alternativa de Confiança” que os portugueses anseiam.